Skip to content

As desrazões de Cavaco

Setembro 30, 2009

A declaração de Cavaco ao país vai ficar nos Anais de história portuguesa como a mais hipócrita declaração alguma vez feita em democracia por um presidente da república.

Cavaco, que alimentou a tese da asfixia democrática, aventa agora a tese da manipulação. O sound byte foi prontamente agarrado pelo PSD; de tal forma que será este o lema da campanha que se avizinha.

Porém, quem assistiu ontem a Cavaco não deixou com certeza de notar um nervosismo latente – quando não visível –, enquanto o seu semblante escondia um medo larvar de ser apanhado a mentir. A mentir deliberadamente, bem entendido. A mentir enquanto presidente da república, já que foi assim que se dirigiu ao país, para além da polémica, essa sim, bizantina, sobre a legitimidade de ter a bandeira em fundo.

A declaração de Cavaco prima pelas suas sistemáticas contradições e incongruências. Todas mereceram já devido destaque e escalpelização, mas como estou com um tempito morto, vou elencá-las novamente (só pelo gozo).

Primeiro, um homem preocupado com a segurança das suas comunicações desde Agosto decide agir apenas em finais de Setembro e logo no dia em que se dirige ao país. Se isto é estranho num anónimo “homem” o que será no caso de um presidente da república que lida com informação de supina importância?

Segundo, um homem que vê o seu nome arrastado para uma putativa teia de espionagem, da qual ele é o alvo, que deixa que sejam publicadas notícias num conhecido jornal nacional que dão conta desse mesmo receio e nunca desmente nem confirma se esse receio é fundado ou não limitando-se a dizer que descobriu que o sistema de informática em sua casa apresenta vulnerabilidades. Se isto é estranho num anónimo cidadão ganha proporções de insanidade no caso de um presidente da república.

Terceiro, um homem que vê o seu braço direito implicado num caso de manipulação informativa, sendo que este é denunciado por interposta pessoa como querendo influenciar a linha editorial de um conhecido jornal, no sentido de criar um clima de suspeição relativamente ao governo, ainda por cima em vésperas de eleições, e não sabe se este email é verdadeiro, mas também não tem certezas quanto à sua autenticidade…Se isto é caricato num anónimo transeunte imagine-se como ficará retratado um presidente da república.

Quarto, um homem que se diz vítima de uma colagem a uma força partidária específica sendo esta fruto de uma manipulação deliberada por agentes governativos, esquecendo que a fonte da colagem foi justamente a notícia do tal jornal conhecido que ele nunca chegou a desmentir nem a confirmar…Se isto é um comportamento aberrante num anónimo contribuinte, o que se dirá de um presidente da república.

Quinto, e último, um homem que encoberta um seu assessor, porque não o despediu, apenas o afastou, apesar, ou por causa, de este ter sido denunciado como prestando falsas declarações e querendo induzir no público um clima de desconfiança e temor nos cidadãos, considerando essa denúncia como indecente, quando na realidade ela foi o elemento que repôs a verdade dos factos…Se isto faz desconfiar que o enunciador de uma tal posição está enterrado até às orelhas na matéria dessa denúncia, o que se poderá aduzir quando esse homem é o presidente da república?

E pronto. Aqui fica em traços largos. Perante isto tem Cavaco condições de continuar a ser presidente? Não. E vai continuar? Certamente. Depois desta declaração restam dúvidas de que Cavaco foi quem manobrou esta tentativa de salpicar de lama o PS? Nenhuma. E há melhor forma de afirmar peremptoriamente uma colagem política ao seu partido, o PSD, do que a capciosa declaração de ontem? Não conheço.

Donde, só resta mesmo o marçano JMF ser recolhido no colo da presidencial figura para o puzzle ficar completo.

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: